Profissão: assessor de imprensa

por | 13 ago, 2020 | Outros

Confesso que quando entrei na faculdade de jornalismo, achava que iria mudar o mundo. Meu sonho era trabalhar na revista Claudia, da editora Abril, e escrever aquelas reportagens loucas de uma publicação estritamente feminina. 

Me via na frente de um computador. Me via com o gravador nas mãos fazendo entrevistas longas para, depois, contar a história completa. Pobre inocência a minha… mal sabia o mundo que me esperava. O quanto o jornalismo poderia – e pode – ser maior do que algumas páginas. 

Aos poucos, fui percebendo o infinito que essa profissão poderia me proporcionar. Rapidamente, conheci a assessoria de imprensa. Que me encantou à primeira vista.

Lia e relia. Até que os primeiros trabalhos começaram a surgir. De lá prá cá, somo 20 anos de carreira. 

Carreira essa que nunca teve o glamour dos âncoras do Jornal Nacional. Que ninguém entendia o que eu fazia. Que para explicar, precisava quase que desenhar. Bem, se eu contar que me marido foi entender o meu trabalho não faz muito tempo, ninguém acredita.

Mas o brilho no olho em ter a pauta naquele veículo cabeludo (assessores de imprensa entenderão), ah, isso não tem preço.

Aquele follow sofrido. Aquele mailing suado. Guardado a sete chaves e com muito orgulhos das várias abas coloridas. Que delícia…

Essa carreira é maravilhosa. É aquela cachaça que amamos, como falamos por ai. Nós, assessores de imprensa, somos parte do processo comunicacional de uma empresa ou marca. Somos essenciais para um relacionamento promissor com seu público. Somos, sim, parte responsável pelo incremento nas vendas de produtos e serviços.

Somos nós, assessores de imprensa, que criamos espaços na imprensa on e off. São esses profissionais que interagem com todos os canais. Todos, mesmo. Isso porque nossas pautas são enviadas a editores de mídias diferentes e, por conta disso, entender as características de cada veículo faz parte do processo de trabalho.

Outro fator é a necessidade de estar atento às principais notícias, afinal, tudo pode gerar uma pauta nova. Estamos incansavelmente conectados. Cavando espaços novos. Criando assuntos que conectam com a linha editorial de cada veículo.

Precisamos ser comunicativos. Vendedores. Convincentes. Organizados. Criativos. Multitarefados.

Precisamos ser assessores de imprensa. 

Fernanda Rosito é jornalista e fundadora da FR Press.

O que Amo fazer

i

Assessoria de Imprensa

Planejamento de comunicação, produção de conteúdo estratégico, definição de mailing, visita dirigida a redações, media training e relatório com análise de publicações.

Redes Sociais

Planejamento com pilares de conteúdo, apuração e produção de conteúdo e cards, publicação e acompanhamento, análise e acompanhamento do mercado e concorrência, produção e acompanhamento de anúncios e relatório de engajamento.

l

Produção de Conteúdo

Definição e elaboração de briefing, apuração e pesquisa de conteúdo, redação de conteúdo, definição e entrevistas com fontes, redes sociais, blogs, newsletters, folders, editoriais, revistas e livros.

Planejamento de Comunicação

Definição de público, estudo e análise de ambiente externo e interno, definição de posicionamento, avaliação da concorrência, definição de estratégias de marketing on e off, relatório de acompanhamento de resultados.

Clipagem de Conteúdo

Monitoramento das principais mídias on e off, definição dos veículos a serem clipados, registro das inserções, relatório qualitativo e quantitativo, mídias impressas e digitais e arquivos em PDF.

Já leu estas?

WeCreativez WhatsApp Support
Sou a Fernanda Rosito e estou aqui para o que precisar!
👋 Oi, em que posso ajudar?